Parana
+31°C
 
PARTICIPE:
siga o EncontraPR no Facebook
siga o EncontraPr no twitter siga o EncontraPr no Google+
Follow Me on Pinterest
 
Curitiba
Formada por 26 municípios
Famosa mundialmente pelo cuidado
com o meio ambiente.
É o 3° lugar na lista das "15 Cidades Verdes"
do mundo.
 

 

Nasceu em 2008 o paranaense Encontra Paraná com a missão de ser o maior Guia de Bairros
e cidades do Paraná

Todos os bairros de Curitiba e cidades PR
“ aqui Paranaense Encontra ”

 


::MENU::    Início  |  Sobre Curitiba  |  Sobre Paraná  |  Bairros Curitiba  |  Cidades PR  |  Mapas PR  |  Hotéis PR  |  Pousadas

Prefeitura Curitiba | Parques Curitiba | Restaurantes Curitiba | Hotel Curitiba | Pousada Curitiba | Telefones Úteis




Foto Panorâmica PR - Foto Paraná

Sobre Curitiba

Curitiba é um município brasileiro, capital do estado do Paraná, localizada a 934 metros de altitude no primeiro planalto paranaense, a aproximadamente 110 quilômetros do Oceano Atlântico. É a oitava cidade mais populosa do Brasil e a maior do sul do país, com uma população de 1.746.896 habitantes. É a cidade principal da Região Metropolitana de Curitiba, formada por 26 municípios e que possui 3 172 357 habitantes sobre uma área de 15 447 km², o que a torna a oitava região metropolitana mais populosa do Brasil.

Fundada em 1693, a partir de um pequeno povoado bandeirante, Curitiba se tornou uma importante parada comercial com a abertura da estrada tropeira entre Sorocaba e Viamão. Em 1853 tornou-se a capital da recém-emancipada província do Paraná e desde então a cidade, conhecida pelas suas ruas largas, manteve um ritmo de crescimento urbano fortalecido pela chegada de uma grande quantidade de imigrantes europeus ao longo do século XIX, na maioria alemães, poloneses, ucranianos e italianos, que contribuíram para a diversidade cultural que permanece até hoje. A cidade experimentou diversos planos urbanísticos e legislações que visavam conter seu crescimento descontrolado e que a levaram a ficar famosa internacionalmente pelas suas inovações urbanísticas e o cuidado com o meio ambiente.

Entretanto, é a sexta capital mais violenta do país, Curitiba também tem altos índices de educação. Tem o menor índice de analfabetismo e a melhor qualidade na educação básica entre as capitais. Curitiba foi citada em uma recente pesquisa publicada pela revista Forbes, como a 3º cidade mais sagaz do mundo, que considera esperta a cidade que se preocupa, de forma conjunta, em ser ecologicamente sustentável, com qualidade de vida, boa infraestrutura e dinamismo econômico.

História

As primeiras movimentações, no território curitibano, se deram através de Paranaguá, via estrada de Cubatão, e ocorreram por conta de expedições de bandeiras, que vinham à cata de ouro. A primeira expedição oficial coordenadora dos serviços de exploração de minas de ouro nos Distritos do Sul (incluindo Curitiba) foi chefiada por Eleodoro Ébano Pereira.

Em 1668, Gabriel de Lara, o povoador, erigiu o pelourinho na povoação de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, assistido por um grupo de dezessete povoadores, iniciando-se a partir dessa data, de forma ininterrupta, a história oficial de Curitiba. Todavia, Gabriel de Lara não é considerado o fundador de Curitiba, sendo que alguns historiadores atribuem o fato a Eleodoro Ébano Pereira.

Há uma lenda a respeito da fundação de Curitiba, contada por diversos historiadores, à qual estão ligados os grupos de primitivos povoadores, representados pelas famílias Seixas, Soares e Andrade. Esses bandeirantes, em época incerta, teriam convidado o cacique dos Campos de Tindiquera, às margens do Rio Iguaçu, para que lhes indicasse o melhor local para a instalação definitiva da povoação.O cacique, à frente de um grupo de moradores, trazendo na mão uma grande vara, após andar muito percorrendo grande extensão de campos, fincou uma vara no chão e disse: "Aqui", e neste local foi erigida uma pequena capela, construída de pau-a-pique, no mesmo lugar onde se encontra a igreja matriz de Curitiba, sendo substituída por outra, feita de pedra e barro, que serviu a comunidade de 1714 a 1866, quando foi edificada a Catedral Metropolitana.

Pela Lei Imperial nº 704, de 29 de agosto de 1853, Curitiba foi elevada à categoria de capital da recém criada Província do Paraná. Foi uma luta árdua, a da emancipação política paranaense, nesta vitória muitos deixaram seu nome gravado nos anais da história. Em 1953 a Câmara Municipal de Curitiba funcionava próximo ao pátio da matriz.

A partir do movimento imigratório desencadeado no Paraná em 1829, a cidade de Curitiba recebeu, por diversos flancos, levas de famílias, em diversas épocas e das mais diferentes nacionalidades, sendo inclusive alvo de imigração voluntária, o que influiu na sua formação social, cultural e econômica, com o passar dos anos.

Vista geral de Curitiba em 1900, com dados de progressão populacional: 1780 (2.949 hab.), 1857 (10.000 hab.), 1858 (11.313 hab.), 1872 (11.730 hab.), 1890 (24.553 hab.), 1900 (50.124 hab.).

Um dos mais expressivos acontecimentos da história curitibana deu-se em 1912, com a fundação da Universidade Federal do Paraná, idealizada e realizada por Victor Ferreira do Amaral, Nilo Cairo e Pamphilo de Assumpção. Após a implantação da República, o primeiro prefeito de Curitiba foi Cândido Ferreira de Abreu (maio de 1893 a dezembro de 1894).

Geografia

Curitiba é a capital do sexto estado mais populoso do Brasil, Paraná, situando-se próximo ao paralelo 25°25'47" sul e do meridiano 49°16'19" oeste. A área real do município é 430,9 km². Suas cidades limítrofes são Almirante Tamandaré, Colombo, Pinhais, São José dos Pinhais, Fazenda Rio Grande, Araucária, Campo Largo e Campo Magro.

Clima

Curitiba tem um clima temperado marítimo ou clima subtropical de altitude (Cfb) de acordo com a classificação climática de Köppen. Localizada no sul do Brasil, a cidade úmida fica numa zona de clima temperado.

O município está localizado em um planalto e o terreno plano com áreas inundadas contribuem para o seu inverno ameno e úmido, com temperatura média de 11°C no mês mais frio, caindo por vezes abaixo de 2°C, em dias mais frios. Durante o verão, a temperatura média é em torno de 23ºC, mas pode subir acima de 32ºC em dias mais quentes.

Ondas de calor durante o inverno e ondas de frio no verão não são incomuns e mesmo dentro de um único dia pode haver uma grande variação, uma característica típica do clima subtropical. Vários fatores contribuem para a natureza variável do clima: o terreno plano rodeado por montanhas em forma arredondada com raio de 40 km ajuda a bloquear os ventos, permitindo que a neblina matinal cubra a cidade nas manhãs de frio.

Meio Ambiente

Curitiba está localizada em plena Mata Atlântica, um dos biomas mais devastados do Brasil. Entretanto, a cidade ainda consegue manter uma grande quantidade de áreas verdes em seu território para uma metrópole, tendo 64,5m² de área verde por habitante, menor somente que a de Goiânia, que possui 94m² e está em segundo lugar no mundo.

Segundo a Organização das Nações Unidas, Curitiba possui um índice cinco vezes maior de área verde por habitantes recomendável, que é de 12m². No ano de 2007 a cidade ocupou o terceiro lugar numa lista das "15 Cidades Verdes" do mundo, de acordo com o sítio estadunidense Grist. Curitiba é a segunda capital brasileira em arborização e qualidade de vida.

Hidrografia

O principal rio do estado é o Paraná, sendo que o município de Curitiba localiza-se à margem direita e a leste da maior sub-bacia do rio Paraná, a bacia hidrográfica do rio Iguaçu. Os principais rios que constituem as seis bacias hidrográficas do município são: rio Atuba, rio Belém, rio Barigui, rio Passaúna, ribeirão dos Padilhas e rio Iguaçu, todos com características dendríticas de drenagem.

Demografia

A população de Curitiba de acordo com Censo 2010 é de 1.746.896 habitantes (100% urbana; 832.500 homens e 914.396 mulheres). E uma densidade demográfica de 4.132,3 habitantes por km², conforme dados coletados pelo IBGE. Além disso, o censo demográfico de 2000 já colocava Curitiba na sétima posição entre as cidades mais populosas do Brasil. No mesmo ano, a cidade foi líder em longevidade entre as metrópoles brasileiras, com esperança de vida ao nascer de 71,6 anos. Sua região metropolitana possui 3.172.357 de habitantes.

A maior densidade populacional verifica-se na região sul da cidade, sendo o bairro CIC o mais populoso, com 174.383 habitantes em 2005. O bairro mais denso da cidade é o Água Verde, com 10.476 hab/km². Segundo os resultados dos últimos censos, a população da cidade elevou-se de 483.038 habitantes, em 1970, para 843.733 habitantes em 1980, em termos percentuais, o aumento populacional da cidade entre 1960 e 1970 foi de 40%, enquanto que, de 1970 a 1980, elevou-se a 74%.

Composição Étnica

a sua formação histórica, a demografia de Curitiba é o resultado da miscigenação das três etnias básicas que compõem a população brasileira: o índio, o europeu e o negro. Mais tarde, com a chegada dos imigrantes, especialmente poloneses, ucranianos, italianos, alemães e japoneses, formou-se um caldo de cultura singular, que caracteriza a população da cidade, seus valores e modo de vida. Segundo o censo de 2000 do IBGE, a população de Curitiba está composta por: brancos (77,4%), pardos (18,2%), pretos (2,9%), amarelos e indígenas (1,4%).

Como a maioria da população do sul do Brasil, Curitiba é habitada principalmente por brasileiros de ascendência europeia. Os primeiros europeus a chegar na região eram de origem portuguesa, durante o século XVII. Eles se misturaram com os povos nativos e com os escravos africanos.

Política


A administração se dá pelo poder executivo, poder legislativo e poder judiciário. O primeiro representante do poder executivo e prefeito do município foi José Borges de Macedo, eleito treze anos após a Independência do Brasil e sete anos anteriores à elevação da cidade à categoria da mesma.

A atual legislatura municipal foi eleita em 2008, devendo terminar seu mandato em outubro de 2012. Exerce o cargo de prefeito municipal o senhor Luciano Ducci, que assumiu a prefeitura após a renúncia de Beto Richa (eleito em 2004 e reeleito em 2008), para poder ser candidato ao Governo do Estado do Paraná.

Economia


Curitiba é o centro econômico do estado do Paraná e o quarto maior PIB do país. Em parte, isso se deve à população de mais de três milhões de habitantes, se for considerada a sua região metropolitana; a cidade se destaca por ter a economia mais forte do sul do país, contando o trabalho de exportação das novecentas fábricas instaladas no bairro Cidade Industrial e das duas grandes indústrias automobilísticas que estão localizadas na Grande Curitiba, Renault e Volkswagen. Ademais, foi eleita várias vezes como "A Melhor Cidade Brasileira Para Negócios", segundo ranking elaborado pela revista Exame, em parceria com a consultoria Simonsen & Associados.

Em julho de 2001, Curitiba tornou-se a primeira cidade a receber o prêmio "Polo de Informática" concedido pela revista Info Exame, pelo desempenho de suas empresas de tecnologia. De acordo com a revista, o conjunto de empresas de Tecnologia e Informática sediadas em Curitiba apresentou, em 2001, um faturamento de U$ 1,2 bilhão, representando um crescimento de 21% em relação ao ano anterior.

Com um parque industrial de 43 milhões de metros quadrados, a região metropolitana de Curitiba atraiu grandes empresas como ExxonMobil, Elma Chips, Sadia, Kraft Foods, Siemens, Johnson Controls e HSBC, bem como grandes empresas locais - O Boticário e Positivo Informática, por exemplo. Além de centro comercial e cultural, a cidade possui um importante e diversificado parque industrial incluindo o segundo maior polo automotivo do país e o principal terminal aeroviário internacional da região Sul, o Aeroporto Internacional Afonso Pena.

Infraestrutura

Curitiba é conhecida por suas soluções urbanas diferenciadas, notadamente por seu sistema integrado de transporte coletivo que, em conjunto com as vias regulares de trânsito, tem servido como indutor de seu desenvolvimento urbanístico, especialmente a partir da década de 1970.
O sistema de transporte público de Curitiba é habitualmente lembrado por seus terminais de passageiros interligados por canaletas exclusivas para ônibus biarticulados e complementados com o "ligeirinho" e alimentadores diferenciados por cores.

Esse modelo tem inspirado experiências similares em cidades de outros países, como Los Angeles e Nova Iorque, onde houve, na década de 1990, a instalação experimental de uma linha de "ligeirinho", ligando a prefeitura ao World Trade Center.

O zoneamento urbano da cidade, integrado ao sistema de transporte, tem permitido um desenvolvimento arquitetônico e urbanístico tido, por certos analistas, como coeso e harmônico, sem os principais problemas das grandes metrópoles modernas. Curitiba, inclusive, foi recentemente recomendada pela Unesco como uma das cidades-modelo para a reconstrução das cidades do Afeganistão, após a intervenção militar ocorrida naquele país, em 2001.

Na década de 1990, a cidade foi agraciada com o prêmio United Nations Environment Program, da ONU, considerado o prêmio máximo do meio ambiente no mundo. Em março de 2001, uma pesquisa patrocinada pela ONU apontou Curitiba como a melhor capital do Brasil pelo Índice de Condições de Vida (ICV) e segundo melhor IDH dentre as capitais, atrás apenas de Florianópolis.

Índice

Dados

Fundação 29 de março de 1693
Gentílico curitibano
Prefeito(a) Luciano Ducci (PSB)
(2009–2012)

Brasão de Curitiba

Bandeira de Curitiba

Localização

Estado Paraná
Mesorregião: Metropolitana de Curitiba
Microrregião: Curitiba
Região metropolitana: Curitiba
Municípios: Almirante Tamandaré, Colombo, Pinhais, São José dos Pinhais, Fazenda Rio Grande, Araucária, Campo Largo e Campo Magro.

Características geográficas

Área 434,967 km²
População
1 764 540 hab. (PR: 1º) - est. IBGE/2011
Densidade
4 056,721 hab/km²
Altitude
934 metros
Clima
subtropical
Fuso horário UTC-3

Indicadores

IDH 0,856 - elevado PNUD/2000
PIB R$ 45 762 418 000 mil (BR: 4º) IBGE/2008
PIB per capita R$ 25 934,47 IBGE/2008